“Quando eu me perdi de mim”

2320

Após trabalhar durante um ano no setor de Serviço Social de uma instituição e presenciar diariamente a intensidade do sofrimento psicológico, a escritora baiana Vanessa Amado percebeu como a ansiedade pode limitar uma pessoa. Resolveu então se aprofundar no assunto e escrever seu primeiro romance, “Quando eu me perdi de mim”.

De uma forma romanceada, tendo um triângulo amoroso como pano de fundo, o livro descreve os principais desafios de quem vê a sua vida e atitudes modificadas pelo medo. A escrita do livro foi acompanhada por uma psicóloga que trabalha diretamente com Transtorno do Pânico, tornando todo o processo pelo o qual passa a personagem o mais verossímil possível.

Aos 21 anos e vivendo dias aparentemente perfeitos, Emily, a menina mais inteligente da turma, vê o seu castelo desabar diante do tão temido Transtorno do Pânico. Agora, sua vida, antes tão independente, parece não pertencer mais à sua vontade, e suas atitudes são ditadas pelo medo de ter medo. O relacionamento já conturbado com a mãe, Ana, atinge o ápice revelando segredos que ela jamais poderia imaginar. Entre dois amores e no meio desse vendaval que assolou sua vida e da sua família, Emily terá que reunir forças para descobrir não apenas o caminho de volta para si mesma, mas também entender o que se passa no seu coração.

Capa_Quando eu me perdi de mim.indd
Vanessa Amado

Com uma história de vida que, pelo número crescente de pessoas afetadas pelos transtornos de ansiedade, se assemelha a muitas, entre dramas familiares revelados e uma linda história de amor e amizade, o livro tem o intuito de emocionar e guiar cada leitor a um belíssimo encontro com si mesmo, descobrindo que a verdadeira felicidade está em ser quem realmente é, respeitando sua própria essência.

Para mais informações sobre o livro, entre em contato com a escritora Vanessa Amado. Se preferir, envie um e-mail para vanessa@vanessaamado.com.br.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA