Famosos ansiosos 9: Conheça celebridades que também enfrentam problemas de saúde mental

1274

Não somos apenas nós, pessoas anônimas para a maioria dos habitantes do planeta, que sofremos com transtornos de ansiedade não! Vou mostrar pra vocês que isso pode acontecer com qualquer um, inclusive com pessoas famosas, que são aparentemente bem-sucedidas e felizes. Veja só! 

TONY BELLOTTO
TonyBellotto_O músico e escritor Tony Bellotto, guitarrista da banda Titãs, revelou durante participação no programa Conversa com Bial, da TV Globo, que enfrentou a síndrome do pânico. “Quando eu entrava para tocar não tinha nada. Acontecia mais no cinema, fila de banco, me dava uma sensação que eu ia morrer, que tava tendo algum ataque. Tomei remédio, fiz muito exercício e percebi que foi um caso mais brando perto de outros casos”, contou. Apesar disso, Bellotto destacou a importância que atribui aos momentos melancólicos. “As pessoas têm uma necessidade de estar bem. Mas os estados sombrios da alma são importantes. Os estados de melancolia levam à compreensão da natureza humana”. Confira a entrevista, que também contou com a participação do psiquiatra Augusto Cury.

SUZANA ALVES, “TIAZINHA”
SuzanaAlvesDe acordo com o portal Catraca Livre, a eterna Tiazinha do extinto Programa H, apresentado por Luciano Huck na Band, sofreu com depressão e síndrome do pânico diante do sucesso inesperado. “Eu achava que estava sendo filmada em todo lugar, não conseguia sair socialmente, fiquei em casa trancada porque eu sempre achava que havia perseguição, que estava todo mundo me olhando”, relatou.

JIM CARREY
JimCareyRecentemente, o ator Jim Carrey tornou pública sua luta contra a depressão. “Atualmente não estou mais deprimido, não tenho mais a experiência da depressão”, disse ao site britânico I News. Carrey estaria se recuperando de um tratamento iniciado em 2004. “Eu tive (depressão) por anos. Agora, quando a chuva chega, chove, mas não permanece. Ela não fica mais o tempo suficiente para me sufocar e me afogar”.

CHARLES SCHULZ
schulz-obitO criador do Snoopy colocou muitos sorrisos nos rostos de milhões de pessoas com seus quadrinhos, mas também tinha um lado obscuro que nunca escondeu: “Eu tenho esse sentimento horrível de desgraça iminente”, disse ele em uma entrevista para o programa jornalístico americano 60 Minutes.

RENATA DOMINGUEZ
renata-dominguezNo programa Encontro da última quinta-feira (8), a atriz Renata Dominguez falou sobre sua experiência com a síndrome do pânico: “Começou absolutamente do nada, não foi pós-trauma nenhum. Quanto mais você escuta que é coisa da sua cabeça, pior fica. A angústia aumenta e você acredita que está perdendo a lucidez, que está enlouquecendo. Você sabe que tem algo errado, mas não sabe o que é”. Renata confessou ter escondido o problema: “Fiz um trabalho inteiro com o transtorno e precisei de ajuda psiquiátrica. Não contei pra ninguém, porque a primeira reação na minha casa, até eles aprenderem a lidar, agravou um pouquinho. Só comentei depois que superei. Isso me ajudou muito, porque me vi obrigada a lutar contra. Não podia dar bandeira dentro de um estúdio de gravação. Quando a crise vinha com angústia e a sensação de morte, pedia para ir ao banheiro e fazia as minhas orações, meus exercícios de respiração. Isso foi me ajudando a sair”, contou.

SHEILA MELLO
sheilaA ex-dançarina do É o Tchan já sofreu com crises de ansiedade durante um período complicado. “Foi um momento muito difícil que meu pai morreu, saí do Tchan, terminei uma relação de seis anos, não tinha mais objetivos profissionais. Fui acometida por uma grande ansiedade que me levou a ter quadros de pânico”.

ABRAHAM LINCOLN
Abraham_Lincoln_O-55,_1861-cropConsiderado um dos maiores líderes e pensadores progressistas da história, Abraham Lincoln lutava contra a ansiedade e a depressão. Embora nunca tenha sido capaz de se livrar completamente dos seus problemas psicológicos, Lincoln enfrentou todas as dificuldades para se tornar um dos presidentes mais reverenciados da América.

CARA DELEVINGNE
"Suicide Squad" - European Premiere - Red Carpet Arrivals“É uma montanha-russa para o inferno”, definiu a top model e atriz Cara Delevingne sua batalha contra a depressão. Em entrevista ao programa de TV This Morning, Cara contou que a melancolia a acompanhava mesmo sabendo que era uma garota de sorte: “Frequentei uma escola incrível, mas sempre tive depressão e momentos em que achei que não conseguiria aguentar”, desabafou. “Eu não entendia o que estava acontecendo além do fato de que não queria mais viver. Hoje eu gostaria de poder me dar um abraço naquela época”, declarou. “A doença mental não é vista, mas eu não quero que ela também não seja ouvida”.

Veja também: Famosos Ansiosos parte 8

(Fotos: reprodução internet)

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA