Famosos Ansiosos

5574
Lilia Cabral: depressão e pânico após a perda da mãe

Não somos apenas nós, pessoas anônimas para a maioria dos habitantes do planeta, que sofremos com transtornos de ansiedade não! Vou mostrar pra vocês que isso pode acontecer com qualquer um, inclusive com pessoas famosas, que são aparentemente bem-sucedidas e felizes. Veja só! :)

LILIA CABRAL
Em entrevista concedida à revista Contigo!, a atriz Lilia Cabral (foto acima) revelou que teve depressão e Síndrome do Pânico quando perdeu a mãe, aos 30 anos. Ela admitiu ainda que, em momentos de crise, costuma tomar remédios.

EMMA STONE
rs_1024x759-160722115725-1024.Emma-Stone-Accutaine-Skin-Story.jl.072116
A atriz americana contou à revista “Vogue” que cresceu com Síndrome do Pânico. “Eu era apenas uma espécie de pessoa imobilizada pela Síndrome do Pânico. Eu não queria ir para a casa dos meus amigos, também não queria sair com ninguém e ninguém entendia”, explicou ela. Felizmente parece que as coisas mudaram bastante para Emma. No recente filme “O Espetacular Homem-Aranha” (2012), ela brilha ao lado do namorado, o protagonista Andrew Garfield.

LUCIANA VENDRAMINI
luciana_vendramini_lilis_closet_fts_paduardo_4
A modelo e atriz, que foi símbolo sexual nos anos 1990, passou quatro anos fora de cena por causa do TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo). Em matéria publicada no site Ego, Luciana conta que chegou a ficar dez horas debaixo do chuveiro e um ano inteiro sem sair de casa. Ela também teve depressão. Depois de ter algumas recaídas, hoje Luciana diz que vive tranquilamente graças a muito tratamento e disciplina. Ela ainda se medica e faz análise.

DEBORAH BLANDO
maxresdefault
De acordo com matéria publicada no site R7, a cantora, que também ficou muito famosa nos anos 1990, passou nove anos afastada das câmeras. “Refém do medo”, Deborah passou a tomar muitos medicamentos. Atualmente, ela substituiu os remédios pela meditação e psicanálise, e está retomando a carreira.

MÔNICA IOZZI
032992
A apresentadora do Video Show, da TV Globo, revelada no programa “CQC”, da Band, adquiriu medo de avião e evitou viagens aéreas durante algum tempo. Atualmente, ela afirma não ter mais esse problema. “Até durmo no avião, está tudo bem”, disse ela à revista Quem Acontece.

Como vocês podem ver, qualquer pessoa – inclusive famosa, bonita, talentosa, divertida, inteligente etc etc – pode sofrer de algum transtorno mental. E ainda assim, ser capaz de produzir, trabalhar… e muito bem! :)

Veja o Famosos Ansiosos – parte 2

27 COMENTÁRIOS

  1. Há 1 ano e 4 meses comecei a sofrer com uns sintomas horríveis,minhas mãos começam a soar,meu coração parece que vai sair pela boca,vem um mal estar horrível,angústia e ás vezes fico tão irritada que parece que estou sendo possuída,ai procurei um psiquiatra que confirmou problemas de ansiedade,hoje vivo a base de remédios,tem dias que estou ótima,outros dias horriveis,mais assim vou levando a

  2. Conheci seu blog meio sem querer… diante de uma possível nova crise, estou na luta para impedir seu avanço. Fazia anos que não tinha sentia essa ameaça, porém seus sintomas é inesquecível, só conhece quem já passou… Mas sou forte, venci o pânico e vencerei novamente.<br />Parabéns por ter a coragem de compartilhar sentimentos e angustias.<br /><br /><br />

    • Oi, Diana, como você tem passado? Espero que tenha superado as crises mais uma vez. É isso aí, informe-se, se fortaleça para enfrentar o inimigo! E conte comigo, ok? Caso more no Rio de Janeiro, lhe convido para conhecer o nosso grupo de apoio. As reuniões são na Barra da Tijuca. Um abraço, saúde e coragem!<br />

  3. Olá..tenho sofrido muito com isso tbm,os sintomas físicos são muito ruins. E pra completar tenho uma filha especial que depende pra mim pra tudo! tem quase um mês que estou sofrendo com uma crise desse problema.sinto dores no corpo todo falta de ar aperto no peito,uma angustia muito ruim…o medico me passou um ansiolidico mais estou com medo de tomar pq minha bb ainda mama.Só jesus na causa!<br

    • Procure confiar no seu médico e acredite que você vai se sentir melhor. Caso realmente não esteja se sentindo confortável em tomar um remédio – e você tem motivos reais para se preocupar – veja com seu médico se não existe a possibilidade de recorrer a alguma medicação natural ou terapia alternativa. Boa sorte!<br />

  4. Olá pessoal eu tambem tenho sofrido bastanta com essa ansiedade descontrolada, pois já fui varias vezes ao pronto socorro achando que estava morrendo, sentindo palpitaçoes, dor na nuca e na cabeça constante, insonia todas as noites e um medo muito grande de morrer, uma dor no peito que parece que vai me consumir e me sufocar, sem falar na falta de ar que até parece que irei desmaiar, tudo isso eu

  5. <br />Gente, eu também fui diagnosticado com transtorno do Panico, depois de correr para o pronto socorro por 3 vezes achando que estava tendo uma parada cardiaca eu procurei ajuda de uma psicologa que me mandou procurar psiquiatra. Foi muito dificil para eu aceitar ir até um psiquiatra porque tinha preconceito e achava que éra medico de louco. De qualquer forma ele me receitou um medicamento

  6. Parabéns pelo blog Karen! Também tenho bastante ansiedade, desde criança, porém sempre foi bem controlada, porém a alguns dias estou passando por momentos de extrema ansiedade, estou tentando me controlar e por mim mesma ficar livre disso tudo! Só quem passa é que sabe como é ruim!!<br />Bjsss

  7. Que bom estou toda atrapalhada e não consigo destravar nem posso ir ao psicólogo estou sem grana pra tudo, daí no desespero encontro esse blog, amei, eu sou muuuuito ansiosa, sofro com muita antecedência.<br /><br />bjs K<br />

  8. Caraca, até a Monica tem, nem parece viu.<br />Tbm tenho e é tenso de lidar no trabalho, sempre passo um mal estar…mas estamos ai né<br /><br />Diego Hughes/ 24 anos

  9. Meu deus serio mesmo fico emocionado de ver que tem pessoas do bem assim com a criadora desde blog que passa por estes transtornos sabe bem o quanto e dolorido quero seu contato por gentileza mais agradeço por sua boa intensão que deus te ilumine sempre.<br />

  10. Anônimo do dia 23/05, eu não sou médica, psicóloga, sou uma pessoa como outra qualquer, que sofre com os transtornos de ansiedade, mas acredita que podemos conviver com ela. Não sei se existe a cura, mas o controle sim. Podemos viver bem, ter qualidade de vida se buscarmos por isso da forma certa, se informando, pedindo ajuda. Não é fácil, aliás é um caminho bastante difícil e sofrido, mas, no

    • Eu tambem sofro de depressao , Fobia sociale consequentemente sindrome do panico e de ano em ano me da crises e volta tudo de novo atualmente estou passando por uma crise de depressao e fobia social com panico gerado pro uma perda de uma parente proximo e potencializado por stress no serviço …

  11. Obrigada, Virgínia! É isso aí, escrever, pra quem gosta, é uma terapia ótima! Fora que vc acaba conhecendo outras pessoas que passam ou passaram pelo mesmo problema que o seu e pode trocar experiência! Volte sempre!!!

DEIXE UMA RESPOSTA